Pensamentos-que-transformam-flavio-leite-devocional
Devocional

Pensamentos que transformam

“Ouvistes que foi dito aos antigos: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com pensamento impuro, já adulterou com ela” (Mateus 5)

Sempre que enfrentarmos situações confusas, difíceis, de grande complexidade, precisaremos cuidar da nossa saúde mental. Não tenho nenhuma dúvida, de que precisaremos cuidar dos nossos pensamentos, para vencermos esse momento difícil que estamos passando. A bíblia fala do pensamento, como sendo a base de sustentação da vida. O pensamento é a base para a orientação da nossa vida. Nós nos tornamos naquilo que colocamos na nossa cabeça. O médico português, Emílio Peres, considerado pai dos nutricionistas naquele país, disse: “Nós somos aquilo que comemos”. É verdade que precisamos nos alimentar bem, porque em grande parte, nosso corpo é o que comemos. Mas nós não somos, na alma, aquilo que comemos. Nós somos aquilo que pensamos. Nos transformamos naquilo que alimentamos no pensamento. O texto que lemos, diz: “Disse Jesus: Ouvistes que foi dito aos antigos: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com pensamento impuro, já adulterou com ela”. O que Jesus estava dizendo, era: “Cuidado com o que está pensando, porque é nisso que você se tornará”. Jesus está nos advertindo para não alimentarmos pensamentos destrutivos, porque neles nos tornaremos. Jesus não estava endurecendo uma lei que já existia no mundo antigo. Nem tão pouco estava criando mais uma lei; porque já existia a lei do adultério pelo ato consumado, e agora existiria a lei do adultério pelo pensamento impuro. O que Jesus estava dizendo, era que se alguém insistisse em alimentar um pensamento de adultério, um dia acabaria se tornando um adúltero. Em um tempo em que precisamos guardar os nossos pensamentos, a pergunta é: Que tipo de pensamento temos alimentado nesses últimos dias? Sei que muita gente vai se perder no pensamento. Provavelmente Jesus nos diria nesse tempo: “Não alimentem pensamentos de medo, pois vocês acabarão sofrendo da síndrome do pânico”. Eu quero orar com você: “Pai, te pedimos mais uma vez para guardar os nossos pensamentos. Nos traz sabedoria para lidarmos com os pensamento que chegam às nossas cabeças. Para nossa saúde e tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *