Devocional

Paradas renovadoras

“Tendo partido toda a congregação dos filhos de Israel do deserto de Sim, fazendo suas paradas, segundo o mandamento do SENHOR, acamparam-se em Refidim; e não havia ali água para o povo beber” (Êxodo 17)

Essa história aconteceu na travessia do povo hebreu no deserto, na ocasião da saída do Egito em direção à terra de Canaã. Deus havia dito que haveriam paradas obrigatórias durante a jornada e aqui foi uma delas. O povo ficou revoltado, porque não tinha água para beber naquele lugar. A pergunta, foi: Por que não parar em outro momento? Por que não parar em outra situação? Se você continuar lendo o texto de Êxodo, verá que aquela parada foi fundamental para o povo, pois era ali que Deus queria falar acerca do seu descanso. Às vezes estamos cansados e precisamos parar, mas não achamos que o momento é apropriado, estamos ocupados demais, são muitas tarefas ou julgamos que o terreno da alma não está preparado. É o pai, a esposa, o amigo, a filha, que diz: Vou deixar para depois, esse não é o momento! Talvez esse seja o tempo do descanso, da parada de Deus na sua vida; da possibilidade do refrigério da alma, mesmo diante de tantas improbabilidades. Mesmo que aparentemente o momento seja desértico, Deus quer providenciar algo novo, como disse em Isaías 43: “Estou fazendo coisa nova que está saindo à luz; porventura não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios no ermo”. Eu quero orar com você: “Pai, bem sabemos que precisamos de paradas, precisamos de descanso, os desafios da vida nos tiram o fôlego. Ajuda-nos a termos maturidade, para discernirmos o momento da parada do teu descanso nas nossas travessias. Para nossa renovação e tua glória. Amém”!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

8 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *