Devocional

Paradas obrigatórias

“Assim diz o SENHOR: Guardai-vos por amor da vossa alma, não carregueis cargas no dia de sábado, nem as introduzais pelas portas de Jerusalém; não tireis cargas de vossa casa no dia de sábado, nem façais obra alguma; antes, santificai o dia de sábado, como ordenei a vossos pais” (Jeremias 17)

Hoje é o último dia do ano de 2019. Foram 365 dias de peregrinação e trabalho. Posso afirmar com convicção, que seria muito bom se déssemos uma parada.

Precisamos de paradas nas nossas jornadas. Quem sabe você está cansado, ou precisando avaliar algumas coisas, ou planejar outras. Na ocasião da saída dos hebreus do cativeiro egípcio, o povo recebeu uma orientação de que haveriam paradas obrigatórias. Não seriam paradas para quem quisesse parar. Todo o povo teria que parar na jornada. Seria um momento de descanso, não só físico, mas, principalmente, espiritual. No Livro do Êxodo, capítulo 17, diz: “Tendo partido toda a congregação dos filhos de Israel do deserto de Sim, fazendo suas paradas, segundo o mandamento do SENHOR, acamparam-se em Refidim”.
Não podemos negar que somos seres espirituais. Precisamos cuidar da alma, do nosso pensamento, das nossas emoções. Quero desafiar você a dar uma parada para descanso espiritual. O texto que lemos, fala da orientação de Deus, trazida ao povo através do profeta Jeremias. Eles precisariam de forças para continuar com esperança. A orientação, foi: “Guardai-vos por amor da vossa alma”.
Sabemos que se não cuidarmos, poderemos comprometer nossas almas. Poderemos desanimar. A pergunta seria: Como se guardar? E a orientação continuou, dizendo: “Não carregueis cargas no dia de sábado, nem as introduzais pelas portas de Jerusalém; não tireis cargas de vossa casa no dia de sábado, nem façais obra alguma”. Parem um pouco com as tarefas. Se recolham num momento espiritual. Eu queria tomar essa orientação dada ao povo hebreu, que passou a fazer parte daquela cultura e que foi repetida pelo profeta Jeremias, como uma orientação para nossas vidas.
Eu quero orar com você: “Pai, queremos guardar as nossas almas. Precisamos de saúde espiritual para continuarmos a jornada. Ensina-nos acerca dessas paradas obrigatórias nas nossas vidas. Para nosso bem e tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *