Devocional

Memórias que nos edificam

“Divulgarão a memória de tua muita bondade e com júbilo celebrarão a tua justiça. Benigno e misericordioso é o SENHOR, tardio em irar-se e de grande clemência. O SENHOR é bom para todos, e as suas ternas misericórdias permeiam todas as suas obras. Todas as tuas obras te renderão graças, SENHOR; e os teus santos te bendirão. Falarão da glória do teu reino e confessarão o teu poder, para que aos filhos dos homens se façam notórios os teus poderosos feitos e a glória da majestade do teu reino” (Salmo 145)

É verdade que não poderemos modificar o passado de forma efetiva, mas, poderemos ressignificá-lo. Uma das formas de aproveitarmos bem o passado, é resgatarmos boas memórias. Foi isso que fez o profeta Jeremias num momento de muita tribulação, quando disse: “Quero trazer à memória, o que me pode dar esperança. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim”. Esse salmo que lemos, fala da divulgação da memória de um povo. Diz que Deus sempre os visitou no passado, com muita bondade e misericórdia. Isso pode fazer muita diferença, quando estivermos nos sentindo atribulados. Nos ajudará a confiarmos no livramento de Deus. Eu quero orar com você: “Pai, ensina-nos a trazermos a nossa memória o que nos dá esperança. Que no dia da tribulação possamos lembrar das tuas muitas bondades e misericórdias, que experimentamos em dias passados. Para nossa edificação e tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *