Devocional

Gratos pela fé

“Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!” (Romanos 11)

Quando penso na existência, penso com os olhos da fé. Até porque, o simples fato de percebermos que existimos, já nos traz uma ideia de absurdo. E, compreendermos isso na perspectiva da fé, é o que nos faz seguir na vida. A existência é loucura para os que não creem. O apóstolo Paulo, escrevendo sua primeira carta à igreja da cidade de Corinto, disse: “Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que cremos, poder de Deus. Existe uma profundidade inalcançável na compreensão da existência de Deus. Por isso dizer que só pela fé, pela crença, se concebe essa realidade. Rachel de Queiroz, escritora cearense, numa entrevista, disse: “Quem tiver uma fé, por menor que seja, regue, cuide, pois não ter fé é uma coisa muito triste”. Gosto de como esse texto nos ensina sobre gratidão, por termos esse tipo de fé morando nos nossos corações, quando diz: “A ele, pois, a glória eternamente. Amém!”  Eu quero orar com você: “Pai, somos cheios de gratidão por vivermos de fé em fé. Ajuda-nos a crermos na existência, como uma manifestação da tua vida em nós. Mesmo que insondáveis os teus juízos e inescrutáveis os teus caminhos, somos gratos pelos teus conselhos. Para nosso bem e tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *