Devocional

Feitos para cuidar

“O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque Ele me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os feridos de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; a consolar todos os que choram e a pôr sobre os que em Sião estão de luto uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria, em vez de pranto, veste de louvor, em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo SENHOR para a sua glória” (Isaías 61)

Sabemos que essa profecia proferida pelo profeta Isaías, não só traz o anúncio do ministério messiânico do Jesus de Nazaré, mas, também, a nossa missão como homens e mulheres, criados à imagem e semelhança de Deus. O apóstolo Paulo, na sua Epístola aos Efésios, no capítulo 2, disse: “Pois somos feitura de Deus, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Ele de antemão preparou para que andássemos nelas”. Fomos criados em Cristo Jesus, para a glória de Deus. Gosto de pensar a expressão “glória de Deus” como a manifestação da imagem de Deus através dos seus atributos. O texto, diz: “Plantados pelo SENHOR para a sua glória”. Fomos plantados aqui na terra, com sentimentos e atributos do coração de Deus. Deus planejou, antes da fundação do mundo, que seríamos despenseiros dos seus atributos. Que carregaríamos na nossa humanidade, características da sua multiforme graça. Na primeira Epístola de Pedro, no capítulo 4, diz: “Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus”. Fomos capacitados por Deus, para exercermos seus atributos na terra. Num momento de crise e ameaça, precisamos, como bons despenseiros de Deus, manifestar consolo, conforto, alegria, cura e libertação aos que sofrem. O texto, diz: “O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque Ele me ungiu para curar os feridos de coração, proclamar libertação aos cativos e consolar os que choram”. Sei que não é fácil levar libertação para quem está preso nos vícios, deprimido, angustiado, mas, o Espírito de Deus está sobre você. Quem sabe exista alguém que está próximo, acometido de medos, ou, preso por alguma cadeia, ou, entristecido, ou, sofrendo angústias. Você é um despenseiro, um depósito, um agente da cura de Deus para o que sofre nesse tempo. Eu quero orar com você: “Pai, sabemos que fomos feitos para cuidar. Ajuda-nos nesse momento tão difícil, a sermos instrumentos da tua multiforme graça. Para tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *