Sem classificação

Enxergando o que nos faz prosseguir

“Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal” (Mateus 6)

Vivemos no mundo da fabricação das necessidades. É o mundo das coisas. Todos os dias somos bombardeados por mensagens afirmando que precisamos, necessitamos, carecemos, temos falta. Isso gera desconfortos, inseguranças, medos, conflitos na alma. Eu quero que você preste atenção nesse texto que lemos, na versão da Bíblia A Mensagem, quando diz: “Quero convencê-los a relaxar, a não se preocuparem tanto em adquirir. Em vez disso, prefiram dar, correspondendo, assim, ao cuidado de Deus. Quem não conhece Deus e não sabe como ele trabalha é que se prende a essas coisas, mas vocês conhecem Deus e sabem como ele trabalha. Orientem sua vida de acordo com a realidade, a iniciativa e a provisão de Deus. Não se preocupem com as perdas, e descobrirão que todas as suas necessidades serão satisfeitas. Prestem atenção apenas no que Deus está fazendo agora e não se preocupem quanto ao que pode ou não acontecer amanhã. Quando depararem com uma situação difícil, Deus estará lá para ajudá-los”. Eu quero orar com você: “Pai, ajuda-nos a buscarmos uma vida de equilíbrio. Que possamos perceber não só aquilo que nos falta, mas, principalmente, aquilo que temos recebido de ti. Ensina-nos a buscarmos em primeiro lugar o teu reino e a tua justiça, que é o alimento espiritual que nos fortalece para prosseguirmos. Para nossa fortaleza e tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *