Devocional

Enxergando com gratidão

“A Palavra do SENHOR que veio a Jeremias, dizendo: Dispõe-te, e desce à casa do oleiro, e lá ouvirás as minhas palavras. Desci à casa do oleiro, e eis que ele estava entregue à sua obra sobre as rodas” (Jeremias 18)

Estamos nos últimos momentos do ano. Clima de festa. Não só clima de festa, existe, também, um ambiente de reflexão. Em momentos como esses ficamos pensativos, analisamos o que passamos, construímos, influenciamos. Dependendo da forma como olhamos para o ano que passou, encontraremos motivos de agradecimento ou ingratidão, alegria ou tristeza, frustração ou prazer.
Eu diria que se olharmos para o ano que passou com altivez, encontraremos mais ingratidão do que agradecimento; mais tristeza, do que alegria; mais frustração, do que prazer. Se olharmos com simplicidade, encontraremos mais agradecimento, do que ingratidão; mais alegria, do que tristeza; mais prazer, do que frustração.
Jesus disse: “Felizes os símplices, porque deles é o reino dos céus”. Aqui está um ensinamento, para quem quer enxergar com gratidão, alegria, prazer. Isso é enxergar o reino dos céus na terra. Precisamos de simplicidade para enxergarmos o reino de Deus. O texto que lemos fala de um momento da vida do profeta Jeremias em que ele estava sendo boicotado, proibido de ir ao templo, precisando muito enxergar o reino dos céus diante dele. Veio a palavra de Deus, não sabemos se numa visão ou sonho, dizendo: “Desce à casa do oleiro e lá ouvirás as minhas palavras”. A casa do oleiro era um lugar comum, simples. No pensamento de qualquer religioso, para ouvir Deus falar, seria necessário um lugar especial, um momento extraordinário. Um ambiente simples, ordinário, comum como a casa do oleiro, não seria o mais adequado. Foi exatamente nesse lugar, que Jeremias enxergou o que estava precisando enxergar para continuar. Vivemos num mundo que só se interessa pelo extraordinário. Que só vê motivo de gratidão, naquilo que é excepcional. Deus quer visitar sua vida, trazendo gratidão, alegria e prazer. Quer fazer você enxergar o reino dos céus na sua história. Para isso, você precisa de simplicidade, humildade.
Eu quero orar com você: “Pai, ajuda-nos a enxergar a vida com gratidão. Sabemos que essa é a forma de encontrarmos o teu reino. Em tudo que formos fazer, ensina-nos a sermos símplices, humildes. Para nosso bem e tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *