Devocional

Deus quer mudar a sua história

Foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo: Porque com dores o dei à luz. Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh Deus! que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido” (Crônicas 4:9,10)

O texto de Crônicas é um livro de genealogias, de registros das famílias hebraicas. Interessante que no meio de um relato, onde informa apenas a história de pessoas que nasceram, cresceram, casaram-se, tiveram filhos, e morreram, abre-se um espaço para falar de Jabez, um homem que nasceu para dar errado. A cultura hebraica relacionava o nome da pessoa com sua história de vida, e Jabez queria dizer, aquele que nasceu para provocar dores na sua casa. Ele tinha desejos de mudança e orou, abriu seu coração para Deus, e disse: Deus, muda a minha vida, muda a minha história. Jabez orou, dizendo: “Que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão”. A palavra benção no antigo testamento, trazia a ideia de instrumentalidade. Era como se estivesse orando: Deus, usa-me, me dá trabalho, e se for fazer alguma coisa na minha casa, passa pela minha vida; que eles possam ver a tua boa mão em tudo que eu fizer. O texto diz: “Foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos”. Deus mudou a história de Jabez, e quando queria fazer alguma coisa na sua casa, usava sua vida. Deus quer mudar a sua história e tornar você um instrumento na sua família. Sempre Deus começa a nos usar a partir da nossa casa. Foi assim com Gideão e com muitos outros, e será assim com você. Eu queria orar: “Pai, muda a nossa vida e nos faz instrumentos da tua vontade; e se fores fazer alguma coisa na nossa casa, passa pela nossa vida. Para tua glória e nossa edificação. Amém!”

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

16 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *