descanso-no-dia-da-tribulacao-flavio-leite-devocional-salmos
Devocional

Descanso no dia da tribulação

“O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente, diz ao SENHOR: Meu refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio. Pois ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. Cobrir-te-á com as suas penas, e, sob suas asas, estarás seguro; a sua verdade é pavês e escudo. Não te assustarás do terror noturno, nem da seta que voa de dia, nem da peste que se propaga nas trevas, nem da mortandade que assola ao meio-dia. Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido. O SENHOR é o meu refúgio. Fizeste do Altíssimo a tua morada. Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra” (Salmo 91)

Todos os salmos são expressões poéticas. A poesia bíblica não tem intenção de manifestar nenhuma cartilha da reta doutrina. Não são afirmações cartesianas. No caso dessa poesia bíblica que lemos, encontramos uma declaração de gratidão pelo cuidado amoroso de Deus. O salmo não traz a ideia de que estamos blindados. Não diz que Deus nos livra dos intempéries e angústias da vida. Seria contraditório com a maioria dos relatos trazidos nas narrativas bíblica. Inclusive, Jesus, no Evangelho de João, disse: “No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.  Essa “sombra do Onipotente”, relatada aqui na poesia, garante, não a isenção das dificuldades, mas o ânimo diante do laço do passarinheiro, que são os grilhões aprisionadores do medo. Medos que nos paralisam diante da vida. Para o salmista, a peste perniciosa representa a ausência de confiança no cuidado de Deus. Esse Deus que é o esconderijo e descanso no dia da tribulação.

Eu quero orar com você: “Pai, queremos no tempo da tribulação, nos escondermos e descansarmos em ti. Afasta de nós o laço do passarinheiro. Esse medo que nos paralisa e nos aprisiona. Que a nossa confiança seja coerente com a expressão da nossa crença. Para glória do teu nome e edificação das nossas vidas. Amém!

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *