Devocional

A possível vida nova

“Pela fé, Raabe, a prostituta, não foi destruída com os desobedientes, porque acolheu com paz aos espias” (Hebreus 11)

Estamos iniciando um novo ano e eu quero desafiar você a crer na possibilidade de vida nova. Quero animar você, que está precisando de uma nova história, mas que não acredita que isso possa acontecer. Desejo incentivar você a permitir que sinais de esperança cheguem ao seu coração.

Esse texto que lemos, traz um detalhe interessante. Fala de Raabe, uma mulher estrangeira, de nacionalidade cananéia, ex-prostituta da cidade de Jericó. É um registro de que ela, juntamente com Abraão, Isaque, Jacó e Moisés, faz parte da galeria dos heróis da fé dos filhos de Israel. De acordo com o Livro de Josué, num momento em que toda sua cidade seria destruída, ela demonstrou fé de que sua vida poderia ser poupada. A tradição estabelecida pelos tradutores da Septuaginta, afirma categoricamente, que Raabe era uma prostituta.
Raabe converteu seu coração a Deus, habitou entre os israelitas, mudou sua cultura, e casou-se com Salmom. Teve um filho chamado Boaz, que foi bisavô do rei Davi, tornando-se, assim, da linhagem do Jesus de Nazaré.  Sempre quando lia esse texto, ficava pensando o porquê da narrativa trazer esse detalhe, quando diz: “Raabe, a prostituta”. Por que não dizer, apenas: “Raabe”? Por que deveria mencionar o detalhe de que Raabe teria sido uma prostituta? Uma das respostas possíveis, seria: Para que compreendêssemos, que em qualquer tempo e circunstância, poderemos nos tornar uma nova pessoa, uma nova criatura.
Não existe proclamação do evangelho sem a mensagem da possibilidade de vida nova. Essa foi a principal mensagem do Jesus de Nazaré: “Necessário vos é nascer de novo”. Não acredito em um evangelho que não transforma vidas. Não acredito em um evangelho que proclama a ideia de que “bandido só presta morto”. Acredito em um evangelho que proclama a ideia de que é necessário que o bandido converta seu coração à Deus, e nasça de novo, construa uma nova história.
Quando cremos na possibilidade de Deus transformar vidas, somos tomados da esperança de que Deus pode mudar a nossa sorte.
Ore comigo: “Pai, estamos num novo ano e queremos experimentar novidade de vida. Ajuda-nos a crermos na possibilidade de vida nova. Para o nosso bem e tua glória. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *