Devocional

A possibilidade da alegria completa

“Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós. Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos; levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo” (2 Coríntios 4)


Jesus está falando sobre a possibilidade de uma alegria completa. Compara com a mulher que está para dar à luz. Aquele momento é sofrido, mas nascida a criança, a alegria supera toda a dor. Mesmo passando por momentos de sofrimento, precisamos acreditar que dias melhores virão. O Salmo 30 diz que o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. É exatamente isso que o apóstolo Paulo está falando nesse texto que lemos. Na vida, muitas vezes, seremos atribulados, perplexos, perseguidos, abatidos, mas, não seremos desamparados e nem destruídos. Eu quero orar com você: “Pai, visita-nos com o teu amparo no dia da perseguição. Nos anima quando formos surpreendidos pela perplexidade. Quando nos sentirmos abatidos, que a esperança nos faça continuar. Para sustentação das nossas vidas e glória do teu nome. Amém!

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *