Sem classificação

A abundante graça

“Inclina, SENHOR, os ouvidos e responde-me, pois estou aflito e necessitado. Preserva a minha alma, pois eu sou piedoso; tu, ó Deus meu, salva o teu servo que em ti confia. Compadece-te de mim, ó Senhor, pois a ti clamo de contínuo. Alegra a alma do teu servo, porque a ti, Senhor, elevo a minha alma. Pois tu, Senhor, és bom e compassivo; abundante em benignidade para com todos em que em ti invocam. Escuta, SENHOR, a minha oração e atende à voz das minhas súplicas. No dia da minha angústia, clamo a ti, porque me respondes. Não há entre os deuses semelhante a ti, e nada existe que se compare às tuas obras. Todas as nações que fizeste virão, prostrar-se-ão diante de ti, Senhor, e glorificarão o teu nome. Pois tu és grande e operas maravilhas; só tu és Deus! Ensina-me, SENHOR, o teu caminho, e andarei na tua verdade; dispõe-me o coração para só temer o teu nome. Dar-te-ei graças, Senhor, Deus meu, de todo o coração, e glorificarei para sempre o teu nome” (Salmo 86)

Esse é um salmo de lamentação. Davi ora pedindo livramento. Ele encontra-se aflito e necessitado, por isso sua alma está abatida. Tem a convicção de que Deus pode elevar sua alma, trazendo ânimo e alegria. Davi já passou outras vezes por situações como essa, e narra sua experiência, dizendo “No dia da minha angústia, clamo a ti, porque me respondes”. O salmista testemunha, que todos nós, quando necessitados, poderemos desfrutar dessa abundante benignidade de Deus. Eu quero orar com você: “Pai, ajuda-nos no tempo da angústia. Fortalece todos aqueles que estão desanimados de alma. Cremos que és compassivo, cheio de bondade. Ensina-nos a caminharmos movidos pela tua alegria. Como bem afirmou Neemias, tua alegria nos nossos corações nos fortalece. Recebe a glória devida ao teu nome. Para nosso bem e edificação das nossas vidas. Amém!”

Flávio Leite

REFLEXÕES AUTORAIS SOBRE HUMANIDADE Palestrante, educador e estudioso da filosofia e do comportamento humano 👇🏽Leia a crônica da semana www.flavioleite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *